Pode ser que daqui a algum tempo eu tenha 30

by Aldan

/
  • Streaming + Download

     

1.
2.
02:52
3.
4.
5.
04:22
6.
7.
8.
02:09
9.
03:25
10.
11.
12.

credits

released May 27, 2015

Belo Horizonte, junho de 2015.
Arranjos por Aldan.
Produzido por Fernando Bones e Marcus Vinícius Evaristo.
Gravado por Fabrício Galvani, no Estúdio Casa Antiga; Lucas Mortimer, no Estúdio Mortimer; e Fernando Bones, em estúdio caseiro.
Mixado e masterizado por Fabrício Galvani, no Estúdio Casa Antiga.
Projeto gráfico por Robert Frank.

Bruno Carlos: bateria e voz.
Davi Brêtas: guitarra e sintetizador.
Fernando Bones: baixo, guitarra, violão, sintetizador, programações, percussão e voz.
Marcus Vinícius Evaristo: guitarra, violão, sintetizador e voz.

tags

license

all rights reserved

about

Aldan Belo Horizonte, Brazil

Banda de anti-rock de Belo Horizonte formada por Marcus Vinícius Evaristo (vocal e guitarra), Davi Bretas (guitarra e vocais.), Fernando Bones (baixo e vocais) e Bruno Carlos (bateria e vocais).

contact / help

Contact Aldan

Streaming and
Download help

Track Name: Rogério Ceni
(Letra e música: Marcus Vinícius Evaristo)

É culpa minha!
Nunca soube lidar com a desaprovação
Por querer sem dar um passo
Por dar um passo sem querer

Observo minha primeira dor de coluna
“Me” observo envelhecer junto com meus pais
Meu amigo de 3º série deu um nó na gravata
“Me” deu um nó na garganta

Na cidade de Jeca Tatu que torce pro Rogério Ceni!

No dia que meu irmão comprou um carro
Uma mulher viu serenidade em mim
Serenidade?
Por ter desconhecido qualquer tipo de previdência
Eu acredito cada vez mais no durante

Eu opto pelo delírio e acredito
Eu opto pelo delírio e consigo

Eu queria gostar mais de dinheiro
Porque eu preciso de dinheiro
E eu quero ter dinheiro!

Parece besta, mas não é
Eu gosto do que eu gosto
Eu não gosto do que eu não gosto
Parece besta
E é!

O Chacrinha é que devia ser legal!
A Warner, Emi, Universal
Alto-falante, Fora do Eixo, qualquer coisa sobre montanha...

O Chacrinha é que devia ser legal!
Não é uma questão de dar nome aos bois
Ou se tem gente vencendo errado ou perdendo certo
A questão é não saber quem é que tá vencendo

Na cidade de Jeca Tatu que torce pro Rogério Ceni!

PS: e que a vida me apresente menos velórios
Pelo menos na semana que vem
Track Name: Lote vago
(Letra e música: Fernando Bones)

Já cansei de insistir
Desistir é bem melhor
Quando faltam-me sinapses
Pra entender o que diz a sua voz

Mais de 28 anos
Mais de 1 milhão de “nãos”
Dúvida — o pé que voa em meio ao passo
Eu só tenho o pé no chão

Suas expectativas são como um lote vago
Esperando para ser tomado pelo mato

Sem ninguém pra capinar
Track Name: Avenida Carandaí
(Letra e música: Marcus Vinícius Evaristo)

Até por não saber como surpreender
E já é bem difícil dividir
Quem vai me ensinar a relevar
Um soco assim no queixo e na alma?

Quando foi amor; precisei me calar
Quando foi a fúria; precisei me mostrar

Blefar que o limite é o chão
Se tudo me empurra a sonhar
Vem, vem me ensinar a revelar
A marca no queixo e na alma

A luz só ilumina o que o sol mostrou
Pelo menos pra mim, pelo menos pra mim
A Kombi sem farol me atropelou
E eu ainda estou aqui, eu ainda estou aqui
Track Name: Massa muscular
(Letra e música: Marcus Vinícius Evaristo)

Quem vai andar na rua com medo do bueiro explodir?
Quem vai fechar a janela com medo do sol derreter?

O azulejo azul, a promessa
De durar, de durar

Quem vai andar na rua com medo do bueiro explodir?
Quem vai fechar a janela com medo do sol derreter?

O azulejo azul, a promessa
Do lar, do lar

Quem me dera se eu fosse o tempo!
Não iria perder massa muscular
Track Name: Tragicômico
(Letra e música: Fernando Bones)

O nosso amor enclausurado a se decompor
A sete palmos de uma camada espessa de rancor

Seria trágico se não fosse cômico

Destruidor de tudo o que se convencionou
A ser chamado pura e simplesmente de amor

Um ego inflado num peito raquítico
Track Name: Portão eletrônico
(Letra e música: Marcus Vinícius Evaristo)

Tenho que confiar no freio
No espelho da loja
No que você me disse
Na semana passada
No portão eletrônico
E na sua palavra

Tenho que confiar!

Tenho que confiar no meio
No esgoto das horas
No que você me disse
Quando você tremeu

Na visão periférica
E no que sinto agora

No portão eletrônico
E na sua palavra

Na visão periférica
E no que eu sinto agora
Track Name: Nova novíssima
(Letra e música: Marcus Vinícius Evaristo)

Ela me perdoou basicamente por não ter o que fazer
Ficar sozinha aos 36 nunca foi uma opção:

- Enfrentar os galanteios dos carros mais ou menos caros
- Ver a adolescência dos filhos dos colegas de secretariado
- E contar no relógio a potência dos seus ovários

Ninguém me perdoaria

Ela se machucou e se machuca a cada passo meu
Nunca me enterra pra jamais bilhar a condição:

- De sondar as quitinetes pra solteiras da D. Nélia
- E sentar na ponta da mesa da cervejaria de sexta-feira
- E contar no relógio a potência do fim da vida

Ninguém me perdoaria!

Pronto!
Track Name: Menos Deus
(Letra e música: Fernando Bones)

Todo mundo sabe que eu sou bom, menos Deus
menos Deus
Track Name: Capote
(Letra e música: Marcus Vinícius Evaristo)

O samba é lento e me arrasta no concreto quente
Eu tenho a mim — um esqueleto que move por si só
Eu sou (por enquanto)

Minha vontade é um nó

É tanta gente que martela o tambor
Meu sangue dança na mesma direção
Eu vou (por enquanto)

Minha vontade é um nó

A dívida
A dúvida
A vida
A dívida
A dúvida
A vida
Track Name: Pássaro vermelho
(Letra e música: Marcus Vinícius Evaristo)

Ô delirô
São 40 graus de febre
Ô delirô
O doutor já falou
Ô delirô

Foi intenso e devagar
Meus olhos foram ao chão
Deu pra ver
Um pássaro vermelho consolar
A quem já gostou e ainda vai gostar
Só porque
Eu alegrei um jantar
Sem a pretensão de alegrar um jantar
Pra que gostassem de mim
Track Name: Terça-feira é um bom dia pra fazer compras
(Letra e música: Fernando Bones)

Observar mariposas tostando
Em lâmpadas incandescentes de 80 watts
Não dá pra se orgulhar
Mas pelo menos proporcionam diversão
Quando não há nada na geladeira

Terça-feira é um bom dia pra fazer compras
Não me interrompa

Recalcular os futuros lançamentos
A debitar na conta corrente — o titular:
Não dá pra se orgulhar
Mas pelo menos deve sobrar cinquentão
Quando não há nada na geladeira

Terça-feira é um bom dia pra fazer compras
Não me interrompa
Track Name: Pode ser que daqui a algum tempo eu tenha 30
(Letra e música: Marcus Vinícius Evaristo)

Posso acreditar num navio
Vindo de trás do outdoor
O que mais se aprende nesses meses é fantasiar nosso nó
Então, na cama ou na mesa de bar, finja que eu sou o seu melhor

Pode ser que daqui a algum tempo eu tenha trinta
Vai saber se vou querer seus seios ou a sua companhia

Um ateu comedido
Respirando ponderação
Parece que vai comer
A última migalha
Da primeira comunhão

Finja que eu sou o seu melhor